RSS
Este blog não tem grandes pretensões! É apenas o meu espaço para dizer o que penso, sem que ninguém me interrompa antes que eu conclua minhas idéias. ...risos... Seja bem-vindo!

sábado, 3 de julho de 2010

Dunga Canta: – Eu vou, eu vou, pra casa agora eu vou…

Todos sabiam o desfecho desta história: Se a seleção vencesse Dunga seria enaltecido; Se perdesse, escurraçado. Pois bem, perdeu! Coitado vai ter que aguentar um bando de brasileiros enfurecidos. Brasileiros que continuarão a pagar os impostos mais caros do mundo, sem xingar ninguém. Que continuarão a penar na fila dos postos de saúde, sem xingar ninguém, ou no mínimo, xingando a atendente. Que continuarão a ver seus filhos sendo aprovados automaticamente na escola, mesmo sem ter alcançado os objetivos mínimos previstos para o período, sem xingar ninguém, ou talvez xingando a “burra” da professora. Mas deixar de xingar o Técnico da Seleção depois de uma derrota destas,  é demais para qualquer brasileiro! Nosso humilde povo aguenta toda e qualquer espécie de abuso ou crime contra sua dignidade, contando que o técnico da sua seleção faça bonito na Copa do Mundo de Futebol. Afinal, o futebol brasileiro é o único motivo de orgulho para esta nação, que de quatro em quatro anos mostra todo o seu potencial de união, determinação e exigência. Pelo menos aprendemos muitas lições com uma Copa do Mundo! Quem disse que brasileiro não sabe se unir em torno de um objetivo? Sabe sim!  Contando que o objetivo envolva cerveja, batuque e bola. Brasileiro sabe reclamar sim, contando que o que o contrarie envolva estratégias mal formuladas para seu futebol. Em suma, brasileiro sabe se manifestar, mesmo que pelos motivos, aparentemente, de  menor relevância para o crecimento de uma nação. Digo aparantemente, porque no fim das contas temos muito mais para comemorar do que para reclamar. A nação ganha sim com seu futebol, acredite! Até os bandidos param seus afazeres para prestigiar a seleção. Pode ver se as estatísticas não acusaram queda do índice de criminalidade nos 90 min em que os jogadores suavam suas camisas!  Apesar de alguns empresários reclamarem de fechar seus comércios, só têm a comemorar os índices de vendas antes dos jogos e depois deles, é claro. Já os reclamões de setores como a indústria e a construção civil, vão recuperar o tempo perdido colocando seus funcionários para compensar aos sábados.  Segundo os dados da FIRJAN, somente na economia fluminense foram  injetados algo em torno de R$ 800 milhões de reais. Aumentou a renda em tudo: restaurantes, roupas, eletro eletrônicos, lojas de conveniências. A média de consumo diário de energia que é de 60 mil megawatts  MW  caiu para 45 mil MW, em média durante os jogos. Isto que é economia!

Embora saiba que esses ganhos reais não serão suficientes para apaziguar os ânimos e evitar que nosso pobre “ex-técnico” seja xingado, a verdade é que o Brasil ganhou muito mais do que perdeu nesta copa. Só fico com uma dúvida: Se a nação ganha, o seu povo não deveria ganhar também?  Toda essa economia de energia resultará em desconto na conta de luz nos próximos meses? Todos os impostos arrecadados com este expressivo aumento nas vendas, resultará em uma melhor distribuição de renda ou melhora nos serviços públicos? Sabe, no fim das contas é mais fácil mesmo xingar o técnico da seleção brasileira! Dunga bem que podia ter-nos permitido esquecer nossas mazelas por algum tempo a mais. Agora só nos resta voltar à realidade nua e crua de uma nação que se esquece que a maior festa da democracia se aproxima, e esta sim poderia nos garantir momentos de prazer real e permanente: a escalação da equipe que comandará o Brasil nos próximos quatro anos. Mas esta festa os brasileiros ainda não aprenderam a prestigiar. Até porque a maioria dos brasileiros não conhece a vida política dos candidatos o tanto que conhece a vida pública dos jogadores da seleção brasileira. Um exemplo simples do filme que já está cansando de tão repetitivo: “Aqui bem próximo de mim, ganhou para prefeito um determinado político que enquanto vereador votou contra o passe livre para estudantes, dentre várias outras medidas que beneficiavam empresários em detrimento do povo. Agora eu pergunto: Foram os empresários que eram a  minoria dos eleitores, além de muitos deles sequer morar na cidade, que  elegeram este prefeito? Por que algumas pessoas sabiam quem era o cidadão e outras – a maioria – não sabia nada sobre ele? Por fim, de quem é a culpa?”

Mas tudo bem! Quatro anos passa rápido e a próxima Copa do Mundo será no Brasil. Só nos resta saber se em um Brasil melhor, pior ou igual ao desta Copa. Uma coisa é certa, Dunga não será nosso técnico. - Xiiii, voltamos ao futebol!

É ! Pensando bem, só resta aos brasileiros o futebol mesmo! Que pena!

1 comentários:

Djanira Magalhães disse...

Amooo as suas postagens , rsrsrs , parabéns

Postar um comentário

Você é meu convidado de honra para participar desse blog. Este é um espaço para troca de opiniões, informações e até mesmo críticas ao conteúdo. Só não vai valer ofensas, ou desrespeito à opinião alheia,tá? É que o blog pode ser responsabilizado por isso. Se preferir falar particularmente, envie um email para professoramaluquinha@hotmail.com.
Obrigada por participar!

Related Posts with Thumbnails
 
Copyright 2009 Professora Maluquinha Powered by Blogger
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress by Ezwpthemes