RSS
Este blog não tem grandes pretensões! É apenas o meu espaço para dizer o que penso, sem que ninguém me interrompa antes que eu conclua minhas idéias. ...risos... Seja bem-vindo!

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Curiosidades Natalinas


Símbolos do Natal







A origem da Árvore de Natal se remonta a um ou dois milênios antes de Cristo. Naquele tempo muitos povos indo-europeus que estavam se espalhando pela Europa e pela Ásia, cultuavam as árvores como a expressão das forças fecundantes da natureza. Inicialmente o "roble" (carvalho) era considerado a árvore-rei. Como no inverno perdia as folhas, seus galhos eram cobertos de adornos para compensar esta perda. Segundo uma lenda, no século VIII, quando um "roble" "sagrado" venerado pelos pagãos caiu sobre um abeto que, apesar do golpe, ficou de pé, este foi proclamado a "Árvore do Menino Jesus". Tomou-se sua forma triangular como símbolo da Santíssima Trindade. Mas, a atual árvore de Natal se originou na Alemanha por volta do século XVI. Só no século XIX começou a espalhar-se pela Europa e depois pelo resto do mundo. A ornamentação da Árvore de Natal tem seu precedente nos antigos adornos do '"roble".



A tradição do presépio começou no século XIII, quando São Francisco de Assis, instalou, dentro de uma gruta, um presépio onde colocou uma imagem do Menino Jesus, e ao lado um boi e um jumento vivos. Neste cenário celebrou-se a missa de Natal de 1223. O sucesso foi tão grande que o costume de montar presépios, usando pequenas figuras, se espalhou rapidamente pela Itália e por toda a Europa. No Brasil entrou por iniciativa do frade franciscano Gaspar de Santo Agostinho.







Estudiosos afirmam que a figura do bom velhinho foi inspirada num bispo chamado Nicolau, que nasceu na Turquia em 280 d.C. O bispo, homem de bom coração, costumava ajudar as pessoas pobres, deixando saquinhos com moedas próximas às chaminés das casas. Foi transformado em santo (São Nicolau) pela Igreja Católica, após várias pessoas relatarem milagres atribuídos a ele.
A associação da imagem de São Nicolau ao Natal aconteceu na Alemanha e espalhou-se pelo mundo em pouco tempo. Nos Estados Unidos, ganhou o nome de Santa Claus, no Brasil de Papai Noel e em Portugal de Pai Natal.





A vida do bispo Nicolau não foi nada fácil por causa das perseguições do Imperador romano Diocleciano aos cristãos. Enterrado em Myra onde morreu, seu corpo foi levado por marinheiros italianos para Bari na Itália, no século IX. Sua devoção se estendeu pelas cidades costeiras do Mediterrâneo e depois por toda a Europa. A devoção a São Nicolau se popularizou tanto que foram construídas milhares de igrejas em sua homenagem. A Rússia o escolheu como seu principal padroeiro. Era também o padroeiro das jovens, dos navegantes, dos padeiros, das crianças, dos estudantes e dos encarcerados. Como sua festa se celebrava no dia 6 de dezembro, no século XIII, começou a ser relacionada com o Natal. No norte da Europa São Nicolau se transformou num simpático velhinho de barba e longa capa (imitando as vestes que teria como bispo) que distribuía brinquedos às crianças bem comportadas. Seu nome, abreviado, se converteu em Santo Claus. No natal de 1931, o desenhista americano, Haddon Sundblon, aproveitou a figura do santo para fazer propaganda de Coca-cola, vestindo-o de vermelho, transformando-se assim no atual Papai Noel



Também tem a ver com São Nicolau o simbolismo das Meias utilizadas como enfeites:



"Em Patras, cidade onde nasceu São Nicolau, havia três irmãs cujo pai estava arruinado. Por isso elas não tinham dote para se casar. O pai, então, muito contristado, decidiu, segundo o costume da época, vendê-las à medida que chegava a idade de casá-las. Quando ia ser vendida a primeira, São Nicolau ficou sabendo do que acontecia e, de noite, aproximou-se às escondidas da janela da cozinha da casa das irmãs, abriu-a, e vendo uma meia pendurada a secar junto à lareira sob a chaminé, jogou dentro uma bolsa cheia de moedas de ouro. A mesma coisa fez com a segunda irmã. O pai, admirado, quis descobrir o que estava acontecendo, e, quando chegou a vez da terceira irmã, ficou espiando durante toda a noite. Dessa maneira reconheceu o bispo Nicolau e contou a todo o mundo a sua generosidade. Esta lenda deu origem à sua fama de distribuidor de presentes e às meias como lugar de recebê-los."

Fonte:
http://www.muraljoia.com.br/02csimbolnatal.htm

0 comentários:

Postar um comentário

Você é meu convidado de honra para participar desse blog. Este é um espaço para troca de opiniões, informações e até mesmo críticas ao conteúdo. Só não vai valer ofensas, ou desrespeito à opinião alheia,tá? É que o blog pode ser responsabilizado por isso. Se preferir falar particularmente, envie um email para professoramaluquinha@hotmail.com.
Obrigada por participar!

Related Posts with Thumbnails
 
Copyright 2009 Professora Maluquinha Powered by Blogger
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress by Ezwpthemes